top of page

Aveia: razões para a incluir na sua alimentação!

Atualizado: 2 de jan. de 2023



A aveia é um cereal que tem vindo a ganhar notoriedade nos últimos anos e com razões para tal.


É bastante rico em vitaminas e minerais como vitamina E, várias vitaminas do complexo B, cálcio, magnésio, potássio, selénio, zinco, ferro e manganésio. Além disso é um boa fonte de fitonutrientes como compostos fenólicos, que estudos demonstram possuírem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias.


Como bom cereal é fonte de hidratos de carbono e fibra, principalmente do tipo solúvel, os beta-glucanos. O consumo regular dos beta-glucanos da aveia está associado a diminuição dos níveis de colesterol total e LDL plasmática. A quantidade de beta-glucanos está directamente relacionada com o tipo de aveia que estamos a consumir, sendo que eles estão presentes em maior quantidade no farelo de aveia, seguindo-se os flocos de aveia e por último, na farinha de aveia. Mesmo assim, consumir aveia nas suas mais diversas formas, que é naturalmente rica em vários tipos de fibra, só nos trará benefícios ao nível do funcionamento do intestino, como melhoramento do perfil da microbiota intestinal, regulação da glicemia e promoção da saciedade.


A aveia é um cereal fonte de proteína cerca de 17g por 100g de aveia, distinguindo-se dos restantes cereais pela presença elevada do aminoácido arginina, que possui extrema importância na manutenção de uma boa resposta imunológica, na cicatrização de feridas, na produção de várias enzimas e hormonas, entre outras funções fundamentais.


A questão que sempre se levanta é se a aveia é fonte ou não de glúten? E a resposta é simples, no seu estado natural ela é isenta de glúten.


Quando estamos a falar de glúten estamo-nos a referir a um conjunto de proteínas de armazenamento denominadas de prolaminas e glutaminas. No caso da aveia, a principal proteína de armazenamento é a avenalina, uma globulina. Assim sendo, a existência de glúten na aveia deve-se ao facto de esta, no momento do tratamento e processamento ser tratada em depósitos usados para outros cereais, como é o caso do centeio e trigo, podendo assim haver contaminação cruzada. É por tanto necessário estar-se atento aos rótulos, para nos certificarmos da inexistência de glúten.


Em termos de utilização é um cereal muito versátil que dá para ser utilizado nas mais diversas receitas como batidos, papas de aveia, bolos, barras de cereais ou trufas energéticas, só é preciso imaginação! Na Simplu gostamos tanto dele que o utilizamos em grande parte dos nossos produtos. Também, com tantos benefícios, não há como não o fazer.






0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page