Um feliz dia para nós, Crianças!






Hoje é um dia muito especial para mim e acredito que seja para vocês também.

É o nosso dia, porque mesmo com 32, ainda sou uma sortuda criança. Se me afastar ou tentar envelhecer, a vida encarrega-se de me colocar novamente no meio deste maravilhoso mundo dos pequeninos.

Tive uma infância feliz e divertida é claro, em que brincava, pintava, dançava, costurava e cozinhava muito. Nasci em último, quando os meus pais já tinham tudo pronto e um quintal cheio de fruta e legumes biológicos à minha espera.

Adorava ajudar a minha mãe na cozinha, mas quando o assunto tocava em muffins, caramelos e gelados (minhas especialidades) confiavam plenamente em mim e davam-me total liberdade de criação.

Depois chegou a minha primeira sobrinha, quando tinha eu 12 aninhos. Lembro-me como se fosse hoje do dia chuvoso em que faltei pela primeira vez a uma aula, porque morria de ansiedade por a querer conhecer.

Foi ela que me permitiu continuar a ser criança, brincar com ela, cuidar dela e crescer com ela.




Pouco mais tarde, inicia o meu primeiro emprego de verão, num clube se animação. Começa também a fase das moldagens de balões, das esculturas em barro e das pinturas faciais. Que experiência maravilhosa! Embora estivesse a entrar na fase adulta, tinha a total legitimidade de fazer caretas e podia andar vestida de pirata à vontade.

Curiosamente, também numa altura em que me permiti ser criança, desenvolvi um trabalho para uma linha de produtos infantil, que me garantiu o meu primeiro contrato na área do marketing. Que reunião aquela, tão presente na minha memória, em que estava a plateia toda (de fato e salto alto) a montarem brinquedos Kinder e a acompanharem a minha viagem ao mundo das crianças.

Como se não pudesse deixar de ser, o meu primeiro projeto de empreendedorismo, foi precisamente para elas. A "pequena" Dori preparava as festas de aniversário, a animação e as delicias da mesa. Foi um grande desafio substituir os famosos refrigerantes por sumos naturais, as guloseimas for sopas em frasco e por pipocas saudáveis.



Passado pouco tempo, demos vida à nossa primeira empresa, sendo ela própria ainda em fase de crescimento. No entanto, aqui a conversa já começa a ser de adultos, de papeis, de burocracias, de responsabilidades...

Mas sabem uma coisa? Não é nada! Não fossem os nossos principais consumidores e apreciadores precisamente os mais pequeninos 😊

Ouvimos constantemente feedbacks como: os meus filhos gostaram tanto das granolas, que agora temos de ter sempre Simplu lá em casa. Isso tudo devido ao facto de serem elas, que aprovam os sabores, antes de saírem para o mercado.

E o processo começa antes. Começa no momento em que me consigo fechar na cozinha, permitindo-me ser eu, pegar nos meus posinhos mágicos, nos tachos e meter as mãos na massa. O sitio onde estou verdadeiramente feliz. O sitio onde posso cantar, dançar, testar, errar e saltar de felicidade quando a receita corre bem.

Afinal estou lá a brincar e a juntar ingredientes e ideias, ouvindo a minha intuição e minha criança interior.

Afinal criar produtos faz parte de ser criança. É dar-lhes vida, brincar com os ingredientes, com os sabores, com toda a simplicidade, carinho e amor.


Um Feliz dia para nós, Crianças!


Um abraço e beijinho,

Dorina

LOJA ONLINE

© 2020. All rights reserved, Simplu.

Designed with love by The Simplest Team

  • Instagram - Simplu
  • Facebook - Simplu
  • Pinterest - Simplu
  • YouTube - Black Circle